11.25.124 FORTE DE SÃO BRÁS
VILA DO PORTO • LARGO SOUSA E SILVA
EDIFÍCIO ISOLADO
ARQUITECTURA MILITAR
CONJUNTO PROTEGIDO
(Decreto Legislativo Regional nº22/92/A, de 21 de Outubro)
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XV/SÉC.XVII
 
DESCRIÇÃOS: Forte constituído por um pequeno baluarte trapezoidal com uma guarita (de cúpula semi-esférica em cantaria rematada por um pináculo) implantada no vértice mais agudo.
O recinto definido pelo baluarte é limitado na parte posterior por um edifício de dois pisos, pela fachada lateral da Ermida de Nossa Senhora da Conceição e pelo muro que os une. No muro abre-se um portal em cantaria, com o vão rematado em arco abatido assente em impostas, encimado por três pináculos.
O edifício, de planta quadrangular, é construído em alvenaria de pedra rebocada e caiada com excepção dos cunhais, das molduras dos vãos e do remate superior do balcão que são em cantaria. As janelas são de guilhotina de duas folhas. Está coberto por dois telhados paralelos, de quatro águas, em telha de meia-cana tradicional, rematados por beiral simples. O acesso faz-se por escada e balcão adossados à fachada principal, havendo na face do balcão duas portas para acesso ao piso térreo.
No interior do baluarte encontram-se alguns canhões e, ao centro, um monumento à Iª Guerra Mundial (caracterizado na ficha 11.25.123).
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Bom
FUNÇÃO INICIAL: Forte
FUNÇÃO ACTUAL: Espaço público e mirante
BIBLIOGRAFIA E DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA: Registo 11105 do "Levantamento dos Fortes Açorianos", IAC; Fichas A-1 e 2 do "Inventário do Património Histórico e Religioso para o Plano Director Municipal de Vila do Porto"; Ficha 4/Santa Maria do "Levantamento do Património Arquitectónico da Vila do Porto", SREC/DRAC.
REMISSÕES: 11.24.97; 11.24.106; 11.25.123.
DATA DE LEVANTAMENTO: 2000-03-30
< anteriores


mapa: 25
Santa Maria. Vila do Porto
Inventário do Património Imóvel dos Açores
Última actualização em 2006-11-04