41.3.5 Jardim-de-infÂncia de Guadalupe
GUADALUPE • VitÓria
EDIFÍCIO ISOLADO
ARQUITECTURA DOMÉSTICA
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XIX
DESCRIÇÃO: Edifício de planta em "L", com um piso, situado num terreno nivelado e elevado em relação à rua. O recinto, murado, entre o edifício e a rua, tem nove árvores de pequeno porte. No tardoz do braço mais curto do "L" há uma instalação sanitária de construção mais recente.
A fachada principal (no braço maior do "L") tem seis vãos uniformemente distribuídos, sendo duas portas ladeadas por janelas. A outra fachada que compõe o ângulo interno do "L" tem apenas uma janela e uma porta. Por cima desta porta há uma lápide com a inscrição: "JPL / CASA RECONSTRUÍDA ONDE NASCEU / JOÃO IGNACIO PACHECO LEAL / EM 15 D’AGOSTO DE 1844 / INSTITUIU LUZ E CARIDADE / 15.8 / 1911". Ambas as fachadas são enquadradas pelo soco, pelos cunhais e por uma cornija onde assenta uma platibanda.
O edifício é construído em alvenaria de pedra rebocada e pintada de branco excepto, o soco, os cunhais, a cornija e as molduras dos vãos que são em cantaria à vista. As coberturas são de duas águas, em telha de meia-cana tradicional, protegidas por platibandas. A cobertura da instalação sanitária é em laje de betão armado horizontal. A necessária edificação da instalação sanitária foi feita, no entanto, descuidadamente e sem respeito pela qualidade do edifício a que foi acrescentada.
Nas traseiras há um poço circular enquadrado por um murete também circular.
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Razoável
FUNÇÃO INICIAL: Habitação
FUNÇÃO ACTUAL: Jardim-de-infância
BIBLIOGRAFIA E DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA: Ilha Graciosa (Açores) / Descripção Historica e Topographica, Antonio Borges do Canto Moniz, edição facsimilada (1883), Instituto Açoriano de Cultura, Angra do Heroísmo, 1981.
DATA DE LEVANTAMENTO: 2004/06/23




seguintes >
mapa: 3
Graciosa. Santa Cruz
Inventário do Património Imóvel dos Açores