41.29.10 Casa de habitaÇÃo - Ao caminho da Igreja
GUADALUPE • caminho da Igreja, nº 208
EDIFÍCIO ISOLADO
ARQUITECTURA DOMÉSTICA
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XVIII/SÉC.XIX
DESCRIÇÃO: Casa de habitação de dois pisos situada na frente de um caminho estreito. É constituída pelo corpo principal, de planta quadrangular, e pelo corpo da cozinha, perpendicular ao corpo principal, de modo a prolongar a respectiva fachada. À cozinha encosta ainda o volume do forno, de planta quadrangular, encimado por uma chaminé de perfil trapezoidal. No ângulo do corpo da cozinha com o corpo principal há um pequeno balcão de acesso directo ao piso superior. No ângulo do forno com a cozinha há uma instalação sanitária de construção mais recente.
A fachada principal tem as três janelas do piso superior uniformemente distribuídas, estando as duas mais à direita alinhadas com as portas que lhes são inferiores. A porta mais à esquerda encontra-se desalinhada da vertical das janelas e é de pequenas dimensões. Na chaminé abre-se uma "janelinha do lar". À direita do imóvel foi construída uma garagem que, tal como a instalação sanitária junto ao forno, foi descuidadamente implantada e não tem qualidade arquitectónica prejudicando a imagem do edifício inventariado. A casa é construída em alvenaria de pedra rebocada e caiada excepto o soco, os cunhais e as molduras dos vãos que são pintados de cinzento. O corpo principal tem duas coberturas paralelas de quatro águas e o corpo da cozinha tem cobertura de uma água, todas em telha de meia-cana tradicional com beiral simples e cumeeiras caiadas.
Nas traseiras há um palheiro rectangular construído em alvenaria de pedra à vista.
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Razoável
FUNÇÃO INICIAL: Habitação e apoio à actividade rural
FUNÇÃO ACTUAL: Habitação
DATA DE LEVANTAMENTO: 2004/06/28




seguintes >
mapa: 29
Graciosa. Santa Cruz
Inventário do Património Imóvel dos Açores