41.27.141 Largo Vasco da Gama e PraÇa Fontes Pereira de Melo
SANTA CRUZ • Largo Vasco da Gama e PraÇa Fontes Pereira de Melo
CONJUNTO EDIFICADO
CONJUNTO DE EDIFÍCIOS OU DE OUTRAS CONSTRUÇÕES
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XV/SÉC.XVII
DESCRIÇÃO: Grande espaço público do centro da vila onde convergem os principais arruamentos do núcleo urbano. Está subdividido em duas zonas distintas por uma rua de atravessamento.
A zona nordeste, que ocupa cerca de dois terços da área total, está centrada em torno de dois grandes pauis murados e rodeados por um caminho parcialmente ajardinado e novamente murado. Estes pauis, que já não desempenham a sua função inicial de armazenamento e abastecimento de água nem são "cheios" pelas marés, funcionam hoje como lagos.
A zona sudoeste, que ocupa o restante terço, tem uma configuração trapezoidal e corresponde ao antigo rossio, junto ao qual se situava o já demolido Convento de São Francisco cujo terreiro ainda abre para esta praça. É um espaço pavimentado com calçada "à portuguesa", com árvores de grande porte e pontuado por bancos de jardim. Tem um coreto rodeado de uma pérgula, ambos de construção recente.
Uma fila de dez araucárias liga os dois subespaços e tem uma presença marcante, nomeadamente as sete que bordejam os pauis e que estão organizadas em progressão crescente.
A centralidade deste espaço público é confirmada pelo peso do comércio e dos serviços instalados nos edifícios que o rodeiam (nomeadamente a Câmara Municipal), os quais constituem um enquadramento valorizador, cenograficamente reforçado pelas fachadas visíveis dos edifícios das ruas posteriores do núcleo leste da vila e pelo seu reflexo na superfície dos pauis.
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Bom
FUNÇÃO INICIAL: Rossio e armazenamento de água
FUNÇÃO ACTUAL: Espaço público
BIBLIOGRAFIA E DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA: Arquitectura Popular dos Açores", AAVV, Ordem dos Arquitectos, [Lisboa], [2000]; Ilha Graciosa (Açores), Descripção Historica e Topographica, Antonio Borges do Canto Moniz (1883), edição facsimilada, Instituto Açoriano de Cultura, Angra do Heroísmo, 1981; Fichas 8 e 9/Graciosa do "Arquivo da Arquitectura Popular dos Açores"; Fichas 42, 43, 44, 45, 46, 47, 48 e 100 do "Plano de Salvaguarda de Santa Cruz da Graciosa".
OBSERVAÇÕES: Esta espécie faz de um conjunto edificado.
REMISSÕES: 41.27.147
DATA DE LEVANTAMENTO: 2004/07/15
< anteriores




seguintes >
mapa: 27
Graciosa. Santa Cruz
Inventário do Património Imóvel dos Açores