41.21.20 Casa rural - caminho da Igreja
GUADALUPE • Caminho da Igreja, nos 3, 5, 7 e 9
EDIFÍCIO ISOLADO
ARQUITECTURA DOMÉSTICA
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XIX/SÉC.XX
DESCRIÇÃO: Casa rural composta por três corpos rectangulares dispostos em "U". O corpo principal, correspondente à habitação, situa-se na frente de rua, enquanto que os outros dois corpos que compõem o "U" se situam no tardoz: a antiga adega encosta perpendicularmente ao tardoz da habitação e as estrebarias estão no outro braço do "U" paralelo à habitação. O pátio interior do "U" é ocupado parcialmente por um balcão de acesso à adega e ao piso superior da habitação, e por uma cisterna, com poço de acesso, abastecida por um sistema de recolha de água que vem da cobertura da habitação.
A fachada principal da habitação é enquadrada pelo soco, pelos cunhais e pela cornija de suporte do beiral. Tem quatro vãos uniformemente distribuídos em cada piso: quatro portas no piso térreo encimadas por janelas de peito com guardas em ferro fundido. Do lado direito da fachada, entre a última porta e o cunhal, há um pequeno óculo. O passeio em frente à habitação é pavimentado com pequenos seixos, apresentando desenhos geométricos em frente a cada porta. O caminho de acesso ao pátio, que fica ao lado esquerdo da casa, é pavimentado com grandes pedras.
Os três corpos são construídos em alvenaria de pedra rebocada e pintada de branco, excepto o soco, os cunhais, a cornija e as molduras dos vãos que são em cantaria à vista, e as paredes posteriores da adega e da estrebaria que são em alvenaria de pedra à vista. As coberturas são de duas águas em telha de meia-cana tradicional com beiral simples.
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Mau
FUNÇÃO INICIAL: Habitação e apoio à actividade rural
OBSERVAÇÕES: A casa vai sofrer obras para a instalação de um museu.
DATA DE LEVANTAMENTO: 2004/06/30




seguintes >
mapa: 21
Graciosa. Santa Cruz
Inventário do Património Imóvel dos Açores