41.13.31 Casas rurais - Ribeirinha
GUADALUPE • Ribeirinha, nos 23, 25, 27, 29 e 31
CONJUNTO EDIFICADO
CONJUNTO DE EDIFÍCIOS OU DE OUTRAS CONSTRUÇÕES
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XIX/SÉC.XX
DESCRIÇÃO: Conjunto constituído por duas casas rurais com as habitações contíguas e por diversos anexos de apoio à actividade rural, entre os quais um grande palheiro, uma estrebaria, uma estrumeira, uma "burra de milho" e uma cisterna. As duas habitações têm dois pisos ("lojas" no piso térreo e habitação no piso superior) e uma planta aproximadamente rectangular. Os fornos, com plantas quadrangulares, encostam ao tardoz na continuidade das respectivas empenas e têm chaminés de "mãos-postas" (de perfil trapezoidal rematado em semicírculo na da esquerda e em triângulo na da direita). As fachadas principais têm os vãos uniformemente distribuídos: portas no piso térreo e janelas de peito no segundo piso. Entre as duas portas mais à esquerda há um pequeno óculo circular. Duas das portas ainda têm cancelas. A habitação da direita tem um balcão com escada de acesso directo ao piso superior encostado à empena. Sob o balcão está o abrigo do carro de bois.
As habitações são construídas em alvenaria de pedra rebocada e pintada de branco, excepto o soco que é pintado de cinzento e os cunhais e as molduras dos vãos que são em cantaria à vista na casa da esquerda e pintadas de cinzento na casa da direita. As janelas de peito têm caixilhos de guilhotina em alumínio que com as duas portas de alumínio, contribuem para alterar a expressão exterior do imóvel. A cobertura comum é de duas águas desiguais em telha de meia-cana tradicional com beiral simples.
O palheiro fica nas traseiras das habitações e é construído em alvenaria de pedra seca com a cobertura de duas águas em telha de meia-cana tradicional rematada por beiral simples. A pequena estrebaria, construída nos mesmos materiais mas com cobertura de uma água, encosta à empena esquerda do palheiro. A estrumeira é escavada no chão à frente da estrebaria, tem paredes em alvenaria de pedra e o rebordo superior formado pelas lajes do pavimento que a rodeia. A "burra de milho" situa-se entre as habitações e o palheiro. A cisterna está encostada à empena direita do palheiro.
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Bom
FUNÇÃO INICIAL: Habitação e apoio à actividade rural
FUNÇÃO ACTUAL: Habitação e apoio à actividade rural
DATA DE LEVANTAMENTO: 2004/06/27
< anteriores




seguintes >
mapa: 13
Graciosa. Santa Cruz
Inventário do Património Imóvel dos Açores