41.10.8 Casas de habitaÇÃo e palheiro - VitÓria
GUADALUPE • VitÓria, nos 141, 143, 145, 147 e 149
CONJUNTO EDIFICADO
CONJUNTO DE EDIFÍCIOS OU DE OUTRAS CONSTRUÇÕES
ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XIX/SÉC.XX
DESCRIÇÃO: Conjunto de duas casas de habitação, que, com os seus anexos, compõem um troço harmonioso da frente de rua.
A casa da direita tem dois pisos com a fachada voltada para a rua e a casa da esquerda é de um só piso com a empena voltada à rua. Destaca-se ainda um palheiro que pertence à casa de um piso, situado no extremo esquerdo do conjunto, que pertence à casa de um piso. Tem uma porta axial na empena voltada para a rua. Ao fundo da fachada do lado esquerdo encosta um abrigo para o carro de bois.
Tanto ambas as casas como o palheiro têm cisternas independentes e com sistemas de recolha de água próprios. Duas situam-se no pátio rectangular que fica entre a casa térrea e o seu palheiro. A outra situa-se do lado direito da casa de dois pisos formando um balcão virado para a estrada.
Os edifícios referidos são construídos em alvenaria de pedra rebocada e pintada de branco excepto os socos, os cunhais e as molduras dos vãos (recortadas no reboco) que são em cantaria à vista ou pintada de cinzento. O abrigo do carro de bois e a fachada esquerda do palheiro são em alvenaria de pedra à vista. As coberturas são de duas águas (desiguais nas habitações) em telha de meia-cana tradicional.
ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Razoável
FUNÇÃO INICIAL: Habitação e apoio à actividade rural
FUNÇÃO ACTUAL: Habitação e apoio à actividade rural
DATA DE LEVANTAMENTO: 2004/06/23




seguintes >
mapa: 10
Graciosa. Santa Cruz
Inventário do Património Imóvel dos Açores